#Petisco de cultura – Oriente médio e igualdade de gênero

em

Oi gente!! Esse post é só uma introdução para o próximo que estou preparando, mas aí vai…

No Oriente Médio, dizer o nome da mãe publicamente é uma vergonha, ofensa.Se aqui, o costume é dizer “Filho da Puta”, lá, dizer o nome da mãe é a própria ofensa.

Acontece que por causa desse tabu, os nomes dessas mulheres são esquecidos com o tempo, junto de suas identidades, e a vida delas passa a ser resumida como “a mãe do filho mais velho”, “a mãe do filho mais novo”.

Em celebração ao Dia das Mães, que no Oriente Médio é comemorado 21 de março, a UN Womenem parceria com a Impact BBDO Dubai, lançou uma campanha para encorajar homens e mulheres a honrar o nome de suas mães substituindo a foto de seus perfis no twitter pelo nome delas e usando a hashtag #MyMothersNameIs.

Existem muitos obstáculos a superar para alcançar a igualdade de gênero por lá, incluindo o acesso de mulheres à educação, direito de trabalho, participação na vida pública, fim da violência contra mulher e o próprio direito do nome não estar associado a vergonha.

A peça central da campanha ‘Give Mom Back Her Name’ é um filme que viralizou no Facebook e YouTube. Em menos de 24 horas, ele foi o segundo mais compartilhado no Facebook em todo o mundo, com mais de 25 mil ações.

– Fonte – 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s