Rainha da noite

em

Eu vi uma flor desabrochar.
Será que fui a única que percebi?
Nela não havia cor,
Era o branco mais puro que já vi.

Oh, flor linda que caiu do céu,
Rainha da noite tu és.
O ritmo da solidão que estava a carregar,
Só a Lua poderia acompanhar.

Passou uma noite e lá fui eu,
A flor decidi visitar.
Estava tão triste e sem saber o porquê,
Então decidi conversar.

Oh, flor linda que caiu do céu,
Rainha da noite tu és.
O ritmo da solidão que estava a carregar,
Nem a Lua poderia suportar.

E nesse momento foi que pensei
“Não é tão diferente de mim”.
Toda a solidão que ela estava a carregar
Com um abraço eu iria afastar.

Oh, flor linda que caiu do céu,
Rainha da noite tu és.
Um afago meu iria bastar
Pra sua solidão afugentar?

Logo depois a bela flor decidiu agradecer,
Uma pétala ela deu
Antes de amarelo, o branco virar
Pela solidão que acabara de afastar

Oh, flor linda que caiu do céu,
Rainha da noite tu és.
Será que novamente eu verei seu esplendor?
Ou você finalmente murchou?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s